READAPTAÇÃO DO DOCENTE AO TRABALHO: A EXPERIÊNCIA DE PROFESSORES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DE MARINGÁ-PR

Autores

Resumo

A pesquisa objetivou analisar como se configura a (re)construção do sentido no trabalho para os professores readaptados diante das novas circunstâncias funcionais, como também investigar se o processo de readaptação vem cumprindo efetivamente a proposta legal e de saúde do trabalhador. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com professoras readaptadas de uma escola estadual de Maringá-PR e estas passaram por um processo de Análise dos Núcleos de Sentido substanciado pelo referencial teórico da Psicodinâmica do Trabalho. Verificou-se que as readaptações revelaram dificuldades não consideradas pela gestão e organização do trabalho, deixando os trabalhadores desassistidos e, comumente, impedidos de realizarem atividades compatíveis com suas capacidades e preservação de saúde. É flagrante a necessidade, conforme a legislação apregoa, de considerar as limitações/potencialidades do indivíduo, de forma a atribuir-lhe afazeres compatíveis com sua nova condição, de modo que o sujeito, ao retornar para seu ambiente de trabalho, tenha possibilidades de identificar-se com a nova função.

Downloads

Publicado

2021-12-21